Ada Lovelace

Home / Inspiração / Ada Lovelace
“Sou mais do que nunca a noiva da ciência. A religião para mim é ciência, e a ciência é religião”

Ada Augusta King, Condessa de Lovelace, é reconhecida principalmente por ter escrito o primeiro algoritmo para ser processado por uma máquina, e, consequentemente, o primeiro algoritmo da história.

Nascida de pai poeta – o conhecido Lord Byron – e mãe matemática – Anne Isabella Milbanke -, foi estimulada com a Álgebra e a Lógica pela mãe desde muito nova, pois esta não queria que a filha se tornasse poeta, assim como o pai. Entretanto, os números eram a expressão de Ada, chegando a escrever à mãe:

“Se você não pode me dar poesia, poderia me dar ciência poética?”

Sua intimidade com a Matemática a levou a criar laços profissionais e de amizade com o colega matemático britânico Charles Babbage que, entre 1842 e 1843, a encarregou de traduzir o documento oficial sobre sua máquina analítica e criar notas sobre a mesma, as quais foram republicadas mais de cem anos depois. A máquina foi reconhecida como primeiro modelo de computador e as anotações da Condessa como o primeiro algoritmo especificamente criado para ser implementado em um computador.

Lovelace morreu em 1852 de câncer no útero, aos 36 anos. A máquina que ela ajudou a criar não foi construída durante o tempo de vida da Condessa. No entanto, em 1982, uma linguagem de programação estruturada recebeu o nome “Ada” como referência a uma das personagens mais representativas da história da tecnologia.

Em 2009, foi criado o Ada Lovelace Day, comemorado na segunda Terça-feira de Outubro, para incentivar mulheres na ciência. A programadora também ganhou um doodle comemorativo no dia 10 de dezembro de 2012, data de seu aniversário.

“Uma celebração das conquistas femininas em áreas que até hoje são dominadas por homens, como Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática.”

Saiba mais sobre Ada e seu trabalho escutando ao Podcast “Histórias de ninar para Garotas rebeldes”, assistindo um vídeo animado ou lendo sua biografia.

- Melissa Lins